Procedimentos

Lifting de Braços

A Braquioplastia ou Lifting Braquial é geralmente indicada para pacientes que desejam se livrar da flacidez dos braços que ocorre com o passar dos anos ou aqueles que perderam muito peso.

Comumente é realizada através de uma incisão na parte interna do braço, estendendo-se da axila ao cotovelo. Todo tecido em demasia é ressecado e a pele suturada. Pode ser necessária uma Lipoaspiração local, para a retirada de toda gordura redundante.

Outra opção é a colocação de implantes de silicone nos braços. Eles conferem uma tonicidade maior ao local, diminuindo a flacidez e fornecendo um contorno mais harmônico aos braços.

PRINCIPAIS DÚVIDAS

1 – A cirurgia deixa cicatrizes?


Sim, que ficam posicionadas na face interna do braço, deixando-as mais escondidas possível.  As cicatrizes passarão obrigatoriamente, por diversas fases até que se atinja a fase final de maturação.

a) PERÍODO IMEDIATO: Vai até o 30º dia e apresenta-se com aspecto pouco visível Alguns casos apresentam uma discreta reação aos pontos ou ao curativo.

b) PERÍODO MEDIATO: Vai do 30º dia até o l2º mês. Neste período haverá um espessamento natural da cicatriz, bem como uma mudança na tonalidade de sua cor, passando do “vermelho para o marrom que vai, aos poucos, clareando”. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial, é o que mais preocupa as pacientes. Como não podemos apressar o processo natural de cicatrização, recomendamos às pacientes que não se preocupem, pois, o período tardio se encarregará de diminuir os vestígios cicatriciais.

c) PERÍODO TARDIO: Vai do 12º ao l8º mês. Neste período a cicatriz começa a tornar-se mais clara e menos consistente atingindo, assim, o seu aspecto definitivo. Qualquer avaliação do resultado definitivo da cirurgia dos braços deverá ser feita após este período.


2 – Ouvi dizer que algumas pacientes têm cicatrizes mais visíveis. Por quê isso acontece?


Certas pacientes apresentam tendência à cicatrização hipertrófica ou ao quelóide. Esta tendência deverá ser avaliada durante a consulta inicial, oportunidade em que lhe serão feitas perguntas sobre sua vida clínica pregressa, bem como características familiares, que muito ajudam quanto ao prognóstico das cicatrizes. Pessoas de pele clara não tendem a sofrer esta complicação cicatricial hipertrófica. Cicatrizes de cirurgias anteriores ou mesmo acidentais, ajudam no prognóstico.


3 – Existe correção para cicatrizes hipertróficas?


Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar cicatrizes inestéticas, na época adequada. Não se deve confundir, entretanto, o “período mediato” da cicatrização normal (do 30º dia até o 12º mês) como sendo uma complicação cicatricial. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução deverá ser esclarecida nas consultas pré e pós operatórias.


4 – Qual tipo de traje de banho que poderei utilizar após a cirurgia?


No período mediato e tardio qualquer tipo de traje, de uma ou duas peças. É importante não se expor ao sol nos períodos iniciais de cicatrização (até quando a cicatriz ainda estiver vermelha), ou se for o caso usar protetor solar (físico e/ou químico) além de roupas para proteger a cicatriz de uma futura hipercromia (escurecimento).


5 – No caso de novas variações no peso, o que pode acontecer com o resultado?


Em casos de variações ponderais pós-cirurgia, além  do processo de envelhecimento natural, pode haver um novo quadro de ptose braquial necessitando de nova cirurgia. Portanto é recomendável à paciente hábitos saudáveis de vida para evitar essas variações e manter o resultado cirúrgico por mais tempo.


6 – Quando posso voltar a realizar exercícios nos braços?


Exercícios aeróbicos que não envolvam os braços podem ser realizados dentro de 1 mês. Por outro lado exercícios que utilizem os braços, como por exemplo a musculação, só podem ser realizados depois do 3° mês.


7 – Há perigo nessa operação?


Raramente a cirurgia plástica de braquioplastia sofre complicações sérias. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia, simultaneamente a outras. O perigo não é maior ou menor que viajar de avião, automóvel, ou atravessar uma via pública.


8 – Qual é o tipo de anestesia utilizada?


Anestesia local, geral, peri-dural ou associada, a critério do anestesista e se existem outras cirurgias associadas.


9 – Há perigo nessa operação?


Raramente a cirurgia de dermolipectomia não traz sérias complicações, desde que realizada dentro de critérios técnicos. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente para o ato operatório, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia simultaneamente a outras.


10 – Que tipo de anestesia é utilizada?


Anestesia geral ou peridural. Alguns cirurgiões estão empregando até mesmo a anestesia local sob sedação, em casos especiais.


11 – Quando são retirados os pontos?


São retirados em torno do 8o. ao 15o. dia, sem maiores incômodos.


12 – Quando tomarei banho completo?


Geralmente, após 2 a 3 dias. Alguns casos poderão determinar cuidados sobre a área operada, sendo que então, recomenda-se evitar o umedecimento sobre essa área por 8 dias.

Entre em contato conosco

Ficou com alguma dúvida?

(21) 3570-0705

Seg/Sex – 7h às 22h
Sáb 8h às 15h

Endereço: Av. das Américas, 12900 Bloco 3, Ala México – Salas 311 e 312

Email contato@clinicavarela.com.br

Endereço

Av. das Américas, 12900
Bloco 3, Ala México – Salas 311 e 312
CEP: 22790-702
Américas Avenue Business
Barra da Tijuca

Central de Atendimentos

(21) 3570-0705
Seg/Sex - 7h às 22h
Sáb 8h às 15h

Clínica

(21) 99986-0705
Seg/Sex - 8h às 19h

Desenvolvido por